Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020 - Seja bem vindo.

Notícias » Dia 7
Fonte: a a a

DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de setembro de 2014)
Sete de setembro data da independência do Brasil, data gloriosa a ser festejada e que a Academia de Medicina de São Paulo não poderia deixar passar sem marcar sua importância. Importância que permite como República ter a liberdade de expressão marcando livremente sua opinião. Opinião que irá se refletir nas eleições marcadas para o próximo mês. Que todos tenham a chance de votar de acordo com seu desejo.

No dia 11 de agosto, o Presidente Affonso Renato Meira, impossibilitado de comparecer solicitou ao confrade Rogério Toledo Junior que representasse a Academia de Medicina de São Paulo no 39° Congresso Médico Universitário da Faculdade de Medicina do ABC.

No dia 13 de agosto ocorreu a Tertúlia Acadêmica programada com uma muito interessante e agradável palestra ministrada pelo Professor Decio Cassiani Altimari versando sobre "Alípio Correia Neto e sua contribuição para o diagnóstico da doença do Aleijadinho".

Outro fato que mostra a grandeza da Academia de Medicina de São Paulo está na correspondência recebida pelo Presidente enviada pelo acadêmico Helio Begliomini e que frente a sua importância será transcrita integralmente:

---------------------------------------------------------------------------------------
São Paulo, 14 de agosto de 2014.

Ilustríssimo acadêmico Affonso Renato Meira

Presidente da Academia de Medicina de São Paulo (AMSP)

Ilustríssimos(a) acadêmicos(a) da diretoria 2013-2014

Assunto: Conclusão do Projeto "Resgate da Memória dos Membros da Academia de Medicina de São Paulo"

Estimado presidente Affonso Renato Meira

Estimados(a) confrades (confreira) da diretoria 2013-2014

Através de um prolongado, intenso e paciencioso trabalho que se estendeu ininterruptamente por quatro anos: agosto de 2010 a agosto de 2014, não tendo tréguas em finais de semanas, finais de ano e feriados, puderam ser resgatadas 428 biografias (!!!), dos membros da estimada Academia de Medicina de São Paulo, tendo-se feito em média 107 por ano; 9 por mês ou, em outras palavras, uma a cada 3 dias, o que dá precisamente uma noção do quão foi abundante e fatigante o empreendimento proposto e executado.

Neste rol de biografias incluem todos os patronos; todos os presidentes; e todos os membros titulares e honorários, atuais e falecidos, que constam nas respectivas tabelas após a mudança estatutária aprovada em Assembleia Extraordinária realizada em 12 de novembro de 2004.

Muitos e muitos nomes de todas estas subdivisões estavam, literalmente, sepultados no esquecimento coletivo pela inexorabilidade do tempo e pela desvirtude da iconoclastia da contemporaneidade.

Muitos dos dados e fotos deste incomensurável acervo foram obtidos nas mais comuns e incomuns bibliotecas da capital e do interior paulista, assim como da cidade do Rio de Janeiro.
Em diversas ocasiões me socorri dos préstimos da secretária da Academia de Medicina de São Paulo, Solange Soares Camargo Albuquerque, e da bibliotecária da Associação Paulista de Medicina, Isabel Cristina de Campos, às quais ternamente muito agradeço.

Destas 428 biografias que compreenderam o empreendimento "Resgate da Memória dos Membros da Academia de Medicina de São Paulo", 273 (63,7%) foram feitas inteiramente – pesquisadas, redigidas e conferidas – pelo responsável deste projeto; dezenas e dezenas das elaboradas por outros acadêmicos foram também complementadas com dados e fotos pelo responsável deste projeto; e todas, sem exceção, foram meticulosamente lidas e relidas de três a 30 vezes (!!!) pelo responsável deste projeto, a fim de se diminuírem os erros e as desinformações que passam, involuntariamente, num trabalho vultoso como este.

As biografias dos membros foram redigidas em forma editorial unificada com a finalidade não somente estética de uniformizá-las, mas também de não hierarquizá-las, pois todos, pela pertença ao sodalício, são merecedores do mesmo destaque e honra.

Se um leitor quiser se inteirar de um nome por dia e o fizer sem interrupção, levará um ano e três meses (!!!) para ler todas as biografias que enriquecem o nicho eletrônico da augusta Academia de Medicina de São Paulo – www.academiamedicinasaopaulo.org.br.

Não restam dúvidas de que o material obtido em seu conjunto, nestes quatro anos, serviu ao propósito imanente de qualquer Academia: divulgar, evidenciar, custodiar e perenizar a memória, os valores e os feitos de seus membros. Assim, literalmente, foi dado não somente a voz, mas "restituída a vida" a mais de quatro centenas de membros elencados nas diversas categorias do quadro associativo, como também este conjunto acabou constituindo-se per se, num dos maiores patrimônios imateriais da augusta Academia de Medicina de São Paulo – seu verdadeiro lastro!

Resta, doravante, às diretorias que se sucederão na administração da insigne Academia de Medicina de São Paulo, proceder da mesma forma com os acadêmicos que nela ingressarão, a fim de que não somente mereçam a mesma honra, mas também, que se propicie a ampliação deste patrimônio para a grandeza do próprio sodalício.

Missão cumprida!!!

Helio Begliomini

São Paulo, 14 de agosto de 2014.
---------------------------------------------------------------------------------------

A importância do fato foi levada a reunião da Diretoria que em agradecimento e dada a validade do trabalho aprovou por unanimidade voto de louvor ao confrade Helio Begliomini.

A acadêmica Linamara Rizzo Battistella pronunciou uma conferência no dia 18 de agosto, na Academia Nacional de Medicina, versando sobre "Políticas públicas da saúde, a ética e a realidade no atendimento às pessoas com deficiência".

Não deixe de comparecer na próxima Tertúlia Acadêmica que terá como palestrante Prof. Dr. Luciano de Freitas Santoro que vai versar sobre "Eutanásia, Ortotanásia e Distanásia: peculiaridades e aspectos jurídicos."

O evento ocorrerá no próximo dia 10 de setembro, no Espaço Maracá, das 12 às 14h, à Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278, 11º andar, Bela Vista, São Paulo. Como sempre uma refeição cuidada com pratos variados carne, massas, saladas, legumes, verduras e sobremesa incluindo refrigerantes, sucos, e vinho. Faça sua reserva e leve um amigo. (adesão R$ 65,00)

Em reunião de Diretoria da Academia de Medicina de São Paulo, realizada no dia 20 de agosto, de acordo com o deliberado pela Comissão eleita atendendo o Art. 40 do Estatuto Moderno da Academia de Medicina de São Paulo, foram aceitas as inscrições de candidatos para preenchimento de seis vagas abertas no quadro acadêmico. Na mesma ocasião foi convocada Assembleia Geral Extraordinária para na data de 24 de setembro de 2014, às 10 horas, em primeira convocação, a ser realizada na sede, proceder a eleição para provimento dessas cadeiras. Os postulantes são os seguintes:
Cadeira 3 - Paulo José Leme de Barros
Cadeira 37 - Luís Garcia Alonso
Cadeira 60 - Claudio Luiz Lottenberg
Cadeira 88 - José Evandro Andrade Prudente de Aquino
Cadeira 97 - Florisval Meinão
Cadeira 114 - Manlio Basilio Speranzini

De acordo com o Art. 43, parágrafo §1°:
"É exigência para que o candidato seja eleito obter a maioria absoluta (metade mais um) dos votos validados depositados na urna".

De acordo com o Art.8 do Regimento Interno da Academia de Medicina de São Paulo as eleições previstas no Art. 43 do Estatuto poderão ser realizadas por votação presencial e/ou por correspondência.

Desse mesmo Art. 8 são os parágrafos:

§1.° Havendo os dois tipos de votação os votos por correspondência serão válidos se recebidos até o momento do encerramento da votação presencial.
§2.° O voto presencial anula o voto por correspondência que, neste caso, não constará como enviado.

Tudo esclarecido agora é enviar o voto no envelope que já foi recebido ou comparecer pessoalmente e depositar o voto. O que não é desejável é a abstenção!

Impossibilitado de estar presente, o Presidente Affonso Renato Meira solicitou ao acadêmico José Roberto de Souza Baratella que representasse a Academia de Medicina de São Paulo no lançamento do livro "Ear Reconstruction" de autoria do acadêmico Juarez M. Avelar. O acontecimento ocorreu no dia 21 de agosto na Livraria Cultura.

Nesse mesmo dia o acadêmico Antonio Carlos Gomes da Silva esteve representando a Academia de Medicina de São Paulo no lançamento do curso coordenado pelo acadêmico Juarez M. Avelar que versou sob a cirurgia da reconstrução da orelha, acontecido no Hospital São Luiz, no período da manhã.

A Diretoria da Academia de Medicina de São Paulo se reúne todas as terceiras quartas-feiras do mês, às 12 horas, na sede da Academia. Sua presença em contato

Outro caminho para alcançar a Diretoria é o e-mail:
contato@academiamedicinasaopaulo.org.br
ou o telefone (11) 3105 4402 ou Fax (11) 3106 5220 endereço é: Avenida Brigadeiro Luis Antonio 278, 6°andar, salas 2 e 3. São Paulo-SP 01318-901.
Visite o site da Academia, ele se mantém atualizado:
www.academiamedicinasaopaulo.org.br








Relacionadas
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de abril de 2015)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de março de 2015)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de fevereiro de 2015)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de dezembro de 2014)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de novembro de 2014)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de outubro de 2014).
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de setembro de 2014)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de agosto de 2014)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de julho de 2014)
> DIA SETE: noticiário da Academia de Medicina de São Paulo (07 de junho de 2014)


Academia de Medicina de São Paulo
https://www.academiamedicinasaopaulo.org.br/
contato@academiamedicinasaopaulo.org.br

Academia de Medicina de São Paulo 20/09/2019 19:05
Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 278 - 6º andar/ Sala 3
Tel.: (11) - Fax: 3105-4402
São Paulo - CEP: 01318-901

By RMAHOST.com